segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Coisas da vida: Salto de fé

Em inglês temos uma expressão que acredito não existir em português. Talvez não no sentido em que usam. Mas, com esse avanço da globalização (essa palavra anda sumida, né?), em que os vocabulários vão se alterando e pegando características de outras línguas, em especial o inglês, cada vez mais rápido (quem já usou ou ouviu alguém usar "assumir" com significado de "presumir" ou "realizar" com significado de "perceber" sabe do que estou falando), as pessoas tenham uma noção do que leap of faith quer dizer. Não vou explicar aqui, então os curiosos podem perguntar para o senhor de todo o conhecimento: Google.



Sabe... não sei onde vocês vivem, mas lá pras minhas bandas, o sonho de muitas pessoas é trabalhar pouco, ganhar bem e não ter que se preocupar muito se vai ser demitido ou não. Nem ouso dizer o que isso realmente é porque não quero criar esse tipo de polêmica neste post.

Mas o fato é que a maioria massante das pessoas fazem questão de manter o status quo. Não se preocupam muito em refletir sobre suas crenças, não procuram abolir seus preconceitos ou descobrir coisas novas, nem nada. Só querem continuar na sua zona de conforto. Crescer dói. Sair da caverna dói. Por mais que depois se abra um mundo de possibilidades e alegrias ainda melhores, as pessoas defendem com unhas e dentes seus mundinhos, preferem ficar o resto da vida com suas alegriazinhas, seus pequenos prazeres, sem se importar se depois tem um mundo de prazeres gigantescos e realizações imensuráveis.

E para alcançar esse lugar de prazeres e realizações, tem horas que é preciso um salto de fé. Um salto no escuro, sem saber se vai ter onde aterrissar, mas com a fé de que é o melhor para você. A fé de que, do outro lado (ou lá em baixo), você vai encontrar o que procura, o que vai te fazer feliz, o que vai possibilitar que você realize os seus sonhos.

E é bem isso que eu estou fazendo. Estou perseguindo meu sonho. Sabe... meu sonho é a única coisa que eu sempre tive. Como posso abrir mão disso? Ninguém tem o direito de destruir meu sonho, nem meus pais, nem meus amigos e muito menos eu. E, acima disso, ninguém tem a força para destruir o meu sonho, só eu mesmo. Então a manha é acreditar e seguir em frente.

As pessoas, para manter o status quo, vão fazer de tudo para te impedir. Se elas não conseguiram realizar seus sonhos, quem é você para conseguir? "Quem ousa realizar um sonho que eu não fui capaz de alcançar?". E, às vezes, nem é por maldade. Alguém que desistiu a alguma altura do caminho, quer só te poupar de um sofrimento. Mas esse sofrimento é inevitável para crescer. E para realizar.

Mesmo que o sonho chegue a mudar de forma e de direção, o importante é lutar. E nunca, NUNCA desistir. Pois, se desistir, pode ser você a se juntar à massa e tentar impedir, mesmo que inconscientemente, que um monte de gente alcance seus sonhos, seus objetivos mais íntimos. Ainda há aqueles que, apesar de não terem exatamente alcançado, se dignificam a apoiar incondicionalmente os sonhos dos outros, mas isso seria assunto para um outro post.

PS: Não vale sonho enlatado, viu?

---

Bom, galera, aqui está a minha volta. Desculpem a ausência. Eu estava em processo de TCC na universidade no primeiro semestre do ano, aí eu emendei com duzentos projetos, trabalho e cursos, e acabei me enrolando e deixando este espaço de lado. Tenho tanto pra contar! Tantas coisas novas, pensamentos, realizações... acho que tenho bastante material para escrever.

Fiquei imensamente feliz com o comentário do Homem, Homossexual e Pai no meu último post, cobrando atualização! É bom saber que tem gente que espera ansiosamente por minhas postagens! É um feedback muito positivo, que me alegra bastante. Prometo atualizar sempre que arrumar um tempinho de agora pra frente!

E é isso, caríssimos! Voltei! Nem vou prometer que é pra ficar, mas vou passsar aqui sempre que possível!

Ósculos e amplexos a todos!

até a próxima!

14 comentários:

  1. Sonhar é como amar.....Na desistência de um deles, desiste-se da própria vida!
    Muito bom ver a sua escrita inteligente e sensível de volta!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por acompanhar, Jose Antonio! Fico muito feliz!
      bjs

      Excluir
  2. Grande L.C! Tranquilo?
    Está coberto de razão, nossas amarras a gente é quem cria.
    Que bom que voltou ;)

    Abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, seu Ti@go!
      É bom estar de volta. :)

      abraço

      Excluir
  3. Olá Luis, tudo bem? =)

    Sonhar faz muito bem, e a sensação provinda deste "salto no escuro" que citaste é libertadora!
    Tudo de bom para ti,
    abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tremendamente libertadora, cara.
      Valeu!
      Abraço

      Excluir
  4. Grande garoto!

    Sabe, eu tbm ando totalmente "sumido", mas é pq ando totalmente absorvido pelas coisas que andam acontecendo na minha vida, pessoal e profissionalmente. Então, tenho preferido me guardar para ter a cabeça em ordem e postar algo significante...mas, sempre que dá, dou uma olhada no que o pessoal anda postando e, eu tbm, estava sentido fata dos teus posts. Fico feliz que estejas bem!

    Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  5. Luiseras, blz?!

    Velho, curti bastante esta postagem! Reflexões e ponderações muito bem coladas... Além disso, antigamente teus textos tinham uma doce nota de melancolia... Agora, eles têm uma doce nota de firmeza e ousadia.

    E é isso aí! Só quem experimenta “ousar” consegue criar um mundo novo, seja para si, seja para os outros. Tá todo mundo tão cansado de “bis in eadem”, mais do mesmo...

    Espero que você esteja engatando esse período “pós ano turbulento” a novos e desafiadores sonhos. Tô torcendo muito por ti, rapaz!

    Ps.: tô aguardando os próximos posts.

    Grande abraço,

    Fernando

    ResponderExcluir
  6. Valeu, Fernandíssimo!
    Pois é! Chega de depressão nessa vida! Agora é bola pra frente e felicidade e, mesmo que venham tristezas ( e sei que elas virão), não vou deixar elas me derrubarem.

    Abração!

    ResponderExcluir
  7. se a cobrança valeu...ficamos felizes! rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Estou enfrentando umas dificuldades, como por exemplo o fato de o meu computador ter quebrado logo quando eu arrumei tempo livre para escrever, mas eu vou dando um jeito até conseguir consertar ou trocar.

      abração!

      Excluir
  8. Sonhar é um estímulo para viver...
    Abraços!

    ResponderExcluir